No campo
Publicado no dia 13/06/2016 12:18
Assessoria de Comunicação
Quando o desejo é casar no campo, no fim da tarde, começa uma maratona de pequenos desafios.
É preciso pensar na estação do ano, nas previsões de chuva, de frio e de calor excessivo. na acomodação adequada aos convidados de acordo com o clima.
É claro que o clima principal é o amor, a complicidade do casal.
Esse clima sim, sempre aquece e acomoda todos que irão participar da cerimônia.
Acompanhamos nos últimos anos uma oferta enorme de mimos para os convidados... chinelos personalizados, leques para dias de muito calor, águas aromatizadas para dias ensolarados...
e que tal oferecer aquecedores, mantas e bebidas quentes de entrada.
Se a escolha da data foi por dias de outonos no Centro Oeste, por exemplo, é bom pensar nesses itens. 
O casamento vai continuar no campo com o conforto que os anfitriões, no caso os pais dos noivos, vão oferecer. 
Mantas personalizadas, entregues pelo cerimonial, para que o convidado acompanhe o "sim", ficam super charmosas. 
Como é por pouco tempo, o friozinho do outono fica suportável e até agradável. 
Então, se a opção é ter o por do sol do outono no momento do "sim", não desanime...
os profissionais do mercado tem o dever de sugerir uma saída elegante para situações que poderiam ser um problema.  

 
ATENDIMENTO
Atendimento de Seg. a Sex. das 07h às 17h.
GUERREIROARTE